Bolas de Berlim -2

Conta-se que a criação do doce veio de um ex-soldado de guerra, que largou a farda para ser ajudante de e decidiu criar uma receita inspirada nos treinamentos do exército. Similar ao Sonho e ao Donut, diferencia-se pelo recheio, que só pode ser de creme de pasteleiro. em Portugal o doce é encontrado geralmente em pastelarias e muitas vezes sem recheio…as deliciosas Bolas de Berlim!

Ingredientes
Massa:
500 g de farinha
25 g de fermento biológico
175 ml morno
2 ovos
100 g de manteiga
100 g de

Creme de pasteleiro:
2 colheres de sopa de amido de milho
150 g de açúcar
2 colheres de sopa de margarina
4 ovos
500 ml de
1 colher de de aroma de baunilha
Casca de limão

Modo de preparo
Massa:
Coloque a farinha (polvilho sempre a farinha) num recipiente grande ou sobre a bancada da cozinha. Faça um buraco no meio da farinha e coloque aí o fermento e o leite. Amasse tudo muito bem (pode ser preciso polvilhar com farinha para as mãos não colarem à massa). Molde uma bola e deixar levedar. Quando a atingir o dobro do tamanho, junte o açúcar e a manteiga. Volte a amassar muito bem com as mãos. Junte os ovos sem parar de amassar.
Forme novamente uma bola e deixe levedar até que duplique de tamanho. Molde bolinhas pequenas bem separadas umas das outras numa forma ou sobre a bancada polvilhada com farinha. Deixe levedar novamente. Depois de terem crescido, fritar as bolas em óleo pouco quente (para não queimarem) e virando para fritarem por igual. Quando estiverem fritas retire, escorra muito bem e polvilhe com açúcar. Corte ao meio e recheie com o creme de pasteleiro.
Creme de pasteleiro:
Bata os ovos com o açúcar, adicione o amido e a margarina amolecida e misture bem. Quando a mistura estiver fofa e homogênea, dissolva com o fervido, com a casca de limão e a baunilha. Coloque a mistura numa panela e leve ao fogo brando, mexendo sem parar. Deixe engrossar, até ganhar consistência para rechear a massa.

Sonho de doce com #PortugalSaboroso