Partilhe com os seus amigos ...Pin on Pinterest
Pinterest
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

A saborosa papa de tapioca

Os últimos posts foram sobre a e já ficámos a saber como se faz o famoso funge que acompanha a não menos famosa moamba de angolana, mas que pode ser usado para muitos outros pratos estufados de ou de peixe, porque o funge tem um sabor muito discreto e associa-se bem a qualquer outro sabor.

Há outro derivado da mandioca muito famoso e muito saboroso, excelente para usar ao pequeno-almoço ou para uma agradável sobremesa. Chama-se tapioca e é um granulado de mandioca muito utilizado no Brasil, onde se faz o “mingau de tapioca”, mas também muito apreciado nos países de língua inglesa, onde ganha o nome de “tapioca pudding”.

As propriedades da tapioca são idênticas à da mandioca, mas a sua textura é muito interessante, ficando depois de com o aspeto de pequenos grãos de gelatina. A papa de tapioca para o pequeno-almoço, por exemplo, é muito fácil de fazer, à semelhança do nosso arroz-doce.

Use uma parte de tapioca granulada para duas a três partes de , aproximadamente. Pode usar de soja de boa qualidade, por causa do sabor, ou de arroz. Coloque a tapioca no frio, sem levar ao lume, e deixe demolhar durante cerca de meia hora, até ver que os grânulos estão bem hidratados e a ficar transparentes. o leite com casca de limão, açúcar a e um pau de canela. Leve a ferver mexendo sempre e deixe cozer até os grânulos ficarem totalmente transparentes e com aspeto de pequenas de gelatina. A tapioca deve ficar bem líquida, porque ao arrefecer irá engrossar. Mas se por acaso ficar demasiado grossa depois de repousar, pode sempre acrescentar mais leite e levar a aquecer um pouco para misturar bem, até ter a consistência cremosa que se pretende. Para quem gosta de canela, fica excelente polvilhada com canela em pó.

http://clinicadotempo.com/saborosa-papa-tapioca