A cerveja e o silício

Partilhe com os seus amigos ...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

A e o silício

Tal como os cereais, os grãos integrais e alguns vegetais, a cerveja fornece silício, um oligoelemento presente no nosso e noutros organismos que tem uma ação regeneradora e reestruturante da pele e é um remineralizador dos ossos. Mais ainda, o silício é considerado um agente de anti-envelhecimento natural para as paredes das artérias, para a pele e para os cabelos, contribuindo também para o reforço do nosso sistema imunitário.

O silício é um mineral fundamental para os tecidos conjuntivos. Na pele, é indispensável para a síntese das fibras de colagénio e elastina, dando flexibilidade e elasticidade.

Com o avançar da idade há uma diminuição da quantidade de silício no corpo. Entre os 25 e os 60 anos há um decréscimo dos seus valores que ronda os 80% nos tecidos mais ricos: a pele e as artérias. Estas duas estruturas tornam-se, assim, mais frágeis e mais finas.

A suplementação com silício demonstrou aumentar a densidade mineral óssea e aumentar a força óssea, segundo um estudo feito sobre a prevenção e tratamento da osteoporose (enfraquecimento por perda de nos ossos).

No entanto, apesar de os investigadores da Universidade Tufts referirem que beber quantidades moderadas de álcool está relacionado com maior densidade óssea, tanto nos homens como nas mulheres com mais de 60 anos, o que acontece é que perante o excesso de álcool a densidade mineral óssea baixa significativamente. Portanto, saboreie a sua cerveja… mas só uma ou duas por dia. Mais do que isso, não.

Post Author: Clínica do Tempo