COMO FAZER ÁGUA AROMATIZADA

COMO FAZER ÁGUA AROMATIZADA

Partilhe com os seus amigos ...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

COMO FAZER ÁGUA AROMATIZADA

Nestes dias lindos de calor tudo que queremos é nos refrescar. E claro, se buscamos uma vida mais saudável, não é nada coerente encher nossos copos de refrigerantes ou bebidas industrializadas. Como se não bastasse, até na hora de comprar água mineral precisamos estar atentos, visto que algumas marcas possuem mais sódio que o próprio refrigerante.

As águas aromatizadas e saborizadas são uma ótima saída. Além de fáceis de preparar, leves, saudáveis e econômicas são muito refrescantes e você pode combinar os sabores da sua preferência. Para prepará-la basta acrescentar os ingredientes que você gosta (frutas, , ervas ou especiarias) à água, com algumas pedras de gelo. Em seguida, a jarra deve ser levada à geladeira por no mínimo 3 horas antes de servir. Esse tempo é necessário para aromatizar a água.

É importante lembrar que se trata de água com um leve sabor e aroma. Portanto, não se deve exagerar nas frutas e ervas. É fundamental manter as características de água e não transformá-la em um suco “enralecido”. Sugerimos que sejam utilizados somente dois ingredientes por água aromatizada. Por exemplo, duas frutas ou uma e uma erva por jarra. Por mais estranho que possa parecer, legumes podem e devem ser utilizados para aromatizar águas. O pepino e a abobrinha, por exemplo, quando cortados em fatias bem finas deixam a água extremamente refrescante.

Os ingredientes podem ser combinados de diversas formas, criando deliciosos sabores! Veja alguns exemplos:
– Frutas vermelhas congeladas, como morango, amora, mirtilo e framboesa;
– Cascas de frutas em espiral ou picadas, como laranja, limão, manga, mamão;
– Vegetais frescos, como pepino e abobrinha em rodelas
em pau, sementes de cardamomo, anis estrelado, cravo, rosa, em rodelas;
– Raminhos de hortelã, alecrim, capim limão, erva cidreira, manjericão, tomilho;
– Frutas variadas, picadas com ou sem a casca;
– Pétalas de rosa , lavanda, hibisco, sementes de romã;

É sempre bom lembrar que se os ingredientes forem orgânicos tudo fica melhor. Também é preciso ter cuidado com as rosas, que não devem ser adquiridas em floriculturas e sim em algum lugar especializado em alimentos ou no seu próprio jardim.

Confira aqui um que ensina passo a passo o preparo desta delicia: http://bit.ly/19h1CNZ